h1

Identificar o positivo e aproveitar

Dezembro 10, 2006

Em geral, as pessoas são simpáticas, educadas e prestáveis na cidade do Amstel. O pessoal do hotel é-o ainda mais, bem para além das imposições do negócio. No entanto, dada a minha fraca aptidão social matinal, há simpatias que são excessivas.

Depois de ter conseguido, de forma educada, não estar muito tempo à conversa com a empregada que nos serve o pequeno-almoço, eis que aparece uma outra hóspede que desata em longa e colorida conversação com a simpática Lila. Pareceu-me que a hóspede era alemã e a conversa desenrolou-se toda em holandês, ou alemão ou algum cruzamento terrível entre as duas línguas. Enfim, nada de muito estimulante do ponto de vista auditivo para aquela hora do dia.

Perturbado pelo facto de a refeição mais importante do dia, e ainda mais importante no dia de um viajante, estar a ser acompanhada por tão desagradável banda sonora, ocorreu-me que poderia ser muito pior: elas poderiam ser espanholas!

Fiquei de imediato mais aliviado, resolvi pedir mais um croissant quentinho e tentar perceber de que é ques estavam a falar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: